Planejamento Financeiro

O AJ elenca três etapas para você se planejar para poupar e investir seu dinheiro e atingir os objetivos financeiros

Todo mundo gostaria de ter mais dinheiro, ficar rico(a), poder morar na casa dos sonhos, viajar o ano todo, comprar o que quiser, não é? Infelizmente não é tão simples assim. Mas o primeiro passo de qualquer conquista é um plano. O planejamento financeiro é que vai fazer com que você consiga alcançar seus objetivos.

O segredo é saber usar o dinheiro a seu favor, tendo pouco ou muito – e isso se consegue por meio da educação financeira. Além de trazer um equilíbrio para as finanças pessoais, a educação financeira te prepara para enfrentar imprevistos financeiros, tais como o desemprego e despesas médicas inesperadas. Ela também ajuda a acumular e preservar recursos, e a planejar uma aposentadoria financeiramente mais tranquila.

Abaixo listamos um passo-a-passo das três etapas para melhorar suas finanças. Elas são uma boa preparação para alcançar um objetivo que requer algum gasto ou investimento.

Etapa 1 – Definir um sonho/um desejo

Seja qual for o seu sonho, a boa gestão financeira pessoal aumenta as chances da sua realização.

Uma boa gestão financeira começa com a definição exata do que você quer alcançar: quitar as contas do cartão de crédito, equilibrar o orçamento familiar, investir para educação dos filhos, fazer seus investimentos renderem mais, abrir seu próprio negócio, pagar a faculdade, etc. Todos esses exemplos requerem um planejamento e execução cuidadosos para atingir o sucesso. Ao definir o que se quer alcançar, é possível traçar um plano para chegar lá.

Etapa 2 – Estabelecer metas objetivas, reais e alcançáveis

É necessário traçar um plano detalhado de como alcançar seu desejo ou sonho. Vamos a um exemplo prático:

Suponhamos que o seu desejo seja comprar um carro de R$25 mil daqui a dois anos. Uma opção é economizar R$1 mil todo mês por 25 meses. A outra é aplicar mensalmente esse valor em um investimento como a caderneta de poupança, cujas características são a alta liquidez e a segurança. Em 23 meses, você terá o dinheiro para comprar o carro à vista, se considerada uma rentabilidade de 0,5% ao mês.

Ao estabelecer um plano realista, você será capaz de saber quando conseguirá realizar o seu sonho.

Etapa 3 – Estabelecer etapas intermediárias

A incerteza é uma constante na vida, inclusive na vida financeira. Aumento de preços, rentabilidades abaixo do esperado e imprevistos financeiros aparecem com frequência maior do que imaginamos. Por isso é preciso se preparar, dentro do possível, para contratempos. É preciso ter flexibilidade. Ao estabelecermos etapas intermediárias, conseguimos reavaliar e readaptar nosso plano inicial.

No exemplo do carro, mostrado acima, o preço do carro pode aumentar ou você pode passar a ter despesas inesperadas. São situações que podem exigir uma alteração do plano traçado inicialmente. As etapas intermediárias auxiliam na readaptação para que você siga adiante e chegue onde planejou.

Conclusão

Essas três etapas, que podem ser complicadas de implementar apesar de serem simples de descrever, podem auxiliar muito no equilíbrio das finanças pessoais e aumentar as suas chances de sucesso.

O Ação Jovem está aqui para ajudar. Entre em contato, conte-nos dos seus planos, das suas experiências e das suas dificuldades. Queremos te auxiliar com a sua vida financeira.